Sede da nova hidrelétrica da Certel será no município de Cruzeiro do Sul

Crédito: Gabriela Santos/Divulgação

Dentro de um ano, devem ter início as obras na Barragem Eclusa para construção da quinta usina geradora de energia limpa da Certel.

Em entrevista à Rádio Independente, o presidente da Certel, Erineo José Hennemann, confirmou a construção da casa de máquinas da hidrelétrica no município de Cruzeiro do Sul. Com isso, tendo como base a legislação, o município, será o beneficiado com o retorno em ICMS.

O orçamento estimado para a obra é de R$ 250 milhões, com energia para beneficiar cerca de 100 mil economias. “Estamos eufóricos, por termos efetivado essa negociação e trazer para o Vale um investimento dessa envergadura”, afirma o presidente da cooperativa. “É a realização de um sonho da Certel e do Vale”, complementa. Segundo ele, com a nova usina vai duplicar a capacidade de geração de energia da cooperativa, atendendo 200 mil economias.

O vice-presidente da Certel, Daniel Luis Sechi, afirma que este projeto faz com que o Vale tenha, cada vez mais, autossuficiência energética. Segundo ele, reduzindo a dependência de outros estados é possível “baratear o valor da energia”.

A previsão é de que a nova hidrelétrica da cooperativa esteja concluída em até três anos. O tempo vai depender da concessão das licenças e pode ser ainda menor. “Não vejo dificuldades para que em três anos essa obra esteja em operação”, declara Erineo José Hennemann.

Últimas Notícias:

COMPARTILHE

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email