Recuperação de dívidas ativas viabiliza investimento de mais de R$ 400 mil em cirurgias eletivas

Foto: Anelise Caye

Passado o auge da pandemia de Covid-19, a Administração Municipal de Cruzeiro do Sul foca na saúde preventiva e chama a comunidade para participar, através da negociação e pagamento da dívida ativa, cujo valor será investido na realização de cirurgias eletivas.

Somente nesta primeira etapa, serão investidos R$ 410 mil para a realização de 169 cirurgias eletivas, entre elas, hernia inguinal, catarata e retirada de vesícula, algumas na fila de espera desde 2017.

Conforme o secretário de Administração e Finanças, Volmir Dullius, apesar da Legislação obrigar o município a investir 15% do Orçamento em Saúde, atualmente o Município investe quase 30% em saúde. Por isso a necessidade de uma fonte extra de recursos como a recuperação de dividas ativas.

“Viabilizar a redução das filas de espera por atendimento é motivo de enorme satisfação e alegria, tendo em vista nossa nobre missão de promover a excelência nos serviços prestados a toda a comunidade”, comemora a secretária de Saúde e Saneamento, Patricia Haenssgen, endossada pelo prefeito, João Dullius, salientando que a ampliação dos procedimentos cirúrgicos eletivos sempre foi uma preocupação do governo municipal, desde o início desta administração, uma vez que o enfrentamento à pandemia ocasionou a interrupção de uma série de ações e procedimentos na área da saúde.

Últimas Notícias:

COMPARTILHE

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email