Pesquisa pública sobre PICs tem participação de 534 pessoas

98,7% considera importante a implantação das PICs na Atenção Básica
Foto: Pixabay/Divulgação

A Secretaria Municipal da Saúde e Saneamento de Cruzeiro do Sul contabilizou e está avaliando a participação da população na pesquisa pública frente a implantação das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs) na Atenção Básica.

Conforme a secretária, Patrícia Haenssgen, 534 pessoas participaram da pesquisa, realizada entre 25 de julho e 5 de agosto, de forma virtual e física – formulário impresso.

PICs são uma modalidade de cuidado que trabalha diretamente na prevenção de doenças e na promoção da saúde. O objetivo destas práticas é o de fornecer melhor qualidade de vida, através de tratamentos e recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais. Elas estão voltadas para prevenir e tratar diversas doenças, como depressão, hipertensão e em alguns casos como tratamentos paliativos e doenças crônicas.

Dos participantes, 71,7% responderam que conhecem alguma Prática Integrativa. Além disso, 98,7% respondeu que considera importante a implantação das PICs na Atenção Básica. Entre as práticas que os participantes mais indicaram que gostariam de ter no município estão: Plantas Medicinais (53,9%); Acupuntura (47,6%); Homeopatia (36,1%); e Reiki (35,5%). “Valorizamos a participação da comunidade, como uma importante fonte que nos ajudará a definir as Práticas que serão implantadas”, destaca a secretária.

Últimas Notícias:

COMPARTILHE

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email