Padaria Beamar apresenta novas instalações a convidados

Indústria cruzeirense possui linha de 23 produtos que são comercializados para todo o estado
Foto: Marcio Steiner

Há 24 anos fornecendo produtos para a mesa dos gaúchos, na noite desta sexta-feira, dia 13 de maio, a Padaria Beamar deu mais um importante passo na sua história.

Os proprietários Vera Beatriz Dullius, Tatiane Rodrigues e Maristella Dullius, receberam autoridades, funcionários, ex-funcionários, amigos e demais pessoas importantes para a caminhada da empresa, para apresentar o novo prédio que passa a ser a sede da fábrica de biscoitos, bolachas e demais produtos. As atividades devem iniciar efetivamente no local, no Distrito Industrial, no Bairro Cascata, no dia 31 de maio.

O ato foi marcado por um cerimonial, que contou com uma benção ecumênica e alguns pronunciamentos. O prefeito, João Henrique Dullius, destacou o empenho da família idealizadora da Padaria Beamar, do poder público e demais envolvidos, para tal conquista. Dullius frisou que a Administração segue à disposição para que a empresa siga em franco crescimento.

Vera Beatriz Dullius enfatizou a luta que essa nova etapa se tornasse realidade, concretizando um ambiente com todas as condições e boas práticas para a execução das atividades.

Após pronunciamentos, os presentes puderam acompanhar um vídeo que contou um pouco da história da Padaria e apresentou as etapas da construção do novo prédio. Na sequência, os convidados se colocaram do lado externo da estrutura e prestigiaram a queima de fogos. Por último, os convidados foram agraciados com um coquetel.

Conforme o gerente administrativo, Jonas Henrique Lauxen, foram necessários dois anos para a conclusão das obras do novo prédio que possui 1.108 m², em uma área total de 3 mil m². Lembrando que a estrutura atual, de propriedade do poder público, no centro da cidade, possui cerca de 550 m².

Lauxen explica que a Padaria Beamar trabalha atualmente com uma linha de 23 produtos, tendo como carro chefe o biscoito caseiro de milho, com o qual tudo começou. O mercado com a marca própria se espalha por diversos municípios do Rio Grande do Sul. Contudo, a empresa também terceiriza seus produtos para outras marcas, alcançando assim outros recantos do país.

A equipe de funcionários se mantém com cerca de 45 pessoas. Colaboradores esses que atualmente são responsáveis por uma produção mensal que gira em torno dos 120 mil pacotes de produtos. A intenção com o novo espaço também é agregar volume na produção, mas, conforme o gerente administrativo, priorizar por manter a qualidade.

Fonte: redação cruzeirodosul.net

COMPARTILHE

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email