Expovale + Construmóbil contabiliza 102 mil visitantes

Foto: Elisângela Favaretto

A Expovale + Construmóbil iniciou no dia 10 de novembro, em Lajeado, e reuniu 102 mil pessoas de público circulante, vindas de várias cidades do Vale do Taquari e de outras regiões do Estado. O público se divertiu, assistiu aos shows, interagiu, teve acesso a conhecimento, inovação e fez negócios, superando as expectativas dos realizadores – Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) e Prefeitura de Lajeado.

De acordo com a pesquisa respondida pelos expositores, foram R$ 98 milhões em negócios realizados nos dez dias de feira e R$150 milhões em negócios prospectados que poderão se concretizar num curto espaço de tempo. O anúncio foi dado na tarde deste domingo, em coletiva de imprensa realizada no Parque do Imigrante.

Além disso, outros números chamaram a atenção, como o consumo de erva-mate, que foi de mais de 250 quilos; na Avenida do Turismo foram 50 apresentações culturais de dança, teatro e atrativos dos municípios; 22 passeios com o barco Cisne Branco, que abrangeram 2.920 pessoas; mais de 400 expositores; oito toneladas de resíduos classificados e tratados internamente; Tour Virtual no Espaço do SebraeX e Pro_move Lajeado que teve 1500 passeios virtuais; Parque de Diversões, com 18 mil ingressos vendidos; mais de 60 pessoas participaram da Rodada de Negócios; mais de 46 mil unidades de água e refrigerante foram comercializados e 32 mil litros de chopp.

Emocionado, o presidente da Expovale, Miguel Arenhart, relatou que foram três anos de dedicação para a feira e por isso agradeceu o empenho das milhares de pessoas que se envolveram. “Chegar até aqui sem ter nenhum incidente mais grave, tivemos um, sem danos maiores, mas milhares de trabalhadores passaram por dentro da feira e não teve nenhum incidente, então temos que realmente agradecer pelo profissionalismo de todos”, relatou.

O presidente da Construmóbil, Joni Zagonel, falou sobre o otimismo das pessoas. “A gente finaliza com clima de otimismo. O nosso papel, como citamos na abertura, é de criar um ambiente. A gente, como organização, não faz negócio, não faz produto, mas criamos um ambiente de otimismo, um ambiente favorável para os empreendedores se destacarem e acho que isso foi cumprido plenamente. Tudo transcorreu muito bem, o otimismo transparece pelas pessoas. Ao final de cada dia, isso fica muito evidente. Lá no momento em que o trabalho se confunde com a descontração e diversão e se consegue trabalhar e se divertir dando resultado, com muita interação, muita troca, muita conversa com o cliente, com o concorrente, com os parceiros de outras áreas e com o setor público, essa troca é muito rica” destacou.

Melhorias no Parque do Imigrante

Zagonel ainda observou que “os números são o retrato do que somos capazes juntos”, e por isso, aproveitou a oportunidade para pedir melhorias na estrutura do Parque do Imigrante, para que os eventos continuem crescendo e a expectativa dos visitantes possa ser atendida.

A presidente da Acil, Graciela Ethel Black, elogiou os dois presidentes que tiveram uma ótima conexão de trabalho. Destacou os novos espaços que foram criados e também citou o empenho de todas as comissões. No final, Graciela também destacou que melhorias são necessárias no Parque. O presidente da Câmara de Vereadores de Lajeado, Deolí Gräff, falou que a sintonia de trabalho entre os envolvidos resultou nos números apresentados.

O prefeito, Marcelo Caumo, relatou que, a partir do ano que vem, o Parque já receberá melhorias. “Nesta edição a marca foi o turismo e esse é o desafio de cada uma das comissões organizadoras, sentir para onde o Vale pulsa, para onde o Vale caminha e conseguir encontrar essa marca”, citou. “Tem que pensar imediatamente a próxima Expovale. A Prefeitura vai se organizar, para no ano que vem, replicar a entrada principal para essa entrada secundária e vamos corrigir definitivamente a estrutura dos banheiros”, ressaltou.

Texto: Elisangela Favaretto/Rádio Independente

Últimas Notícias:

COMPARTILHE

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email