Eduardo Leite anuncia renúncia ao Governo do RS e que permanecerá no PSDB

Foto: Maicon Hinrichsen / Palácio Piratini

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), disse, nesta segunda-feira (28), que renunciará ao cargo e que permanecerá no partido. A data, seis meses antes das eleições, é o prazo estabelecido pela legislação eleitoral para que um político deixe um posto no Executivo a fim de concorrer a outro cargo, além da reeleição.

“Eu comuniquei, depois de conversar muito e de ouvir ainda mais, que eu vou renunciar ao cargo de governador do estado do Rio Grande do Sul”, disse, sem detalhar a data da renúncia. Assim, o vice-governador, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), assumirá o Palácio Piratini.

Apesar de ter sido derrotado nas prévias do PSDB à Presidência da República, o governador segue cotado para disputar o cargo. Na última pesquisa Datafolha, divulgada na quinta-feira (23), Eduardo Leite aparece com 1% das intenções de voto no cenário sem o governador de São Paulo, João Doria.

Fonte: G1/Grupo Independente

Últimas Notícias:

COMPARTILHE

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email