Alunos cruzeirenses iniciam capacitação no Projeto Bike Solidária

O curso terá 80 horas e se estenderá por cerca de dois meses
Foto: Artur Dullius

A 2ª edição do projeto Bike Solidária foi lançada na última terça-feira (21). A aula inaugural aconteceu nas dependências do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). A iniciativa prevê que estudantes de escolas públicas da região participem de uma capacitação para consertar bicicletas recuperadas de furtos ou roubos e que permanecem depositadas nas Delegacias de Polícia da região.

Desta vez, 16 estudantes de duas escolas de Cruzeiro do Sul irão participar do curso. Oito deles são da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Jacob Sehn e os demais, da Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) João de Deus. A capacitação tem 80 horas e deve se estender por cerca de dois meses. As aulas ocorrerão duas vezes por semana, das 8h ao meio-dia.

O projeto é desenvolvido em parceria entre o Ministério Público da Comarca de Lajeado, a Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (Alsepro), a Polícia Civil e o Senai. Segundo a promotora da justiça criminal de Lajeado, Ana Emília Vilanova, o projeto surgiu a partir de uma observação do Francisco Weimer Dos Santos, um dos representantes da Alsepro, que percebeu a existência de várias bicicletas paradas e se deteriorando em um depósito na Delegacia de Polícia de Lajeado.

Em Cruzeiro, 41 bicicletas serão utilizadas, sendo 20 em condições de uso e outras 21 para descarte, as quais poderá ser feita a retirada de peças. Além de aprender o conserto de bicicletas, os estudantes terão aula de cidadania e comportamento social, de equipe e liderança positiva.

Ao final do curso, os 16 alunos receberão certificado de conclusão em mecânica de bicicletas. Durante a qualificação, os participantes irão consertar o maior número possível de bikes. Depois elas serão entregues às suas escolas que vão decidir o destino das mesmas.

Os jovens serão transportados pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul até Lajeado. Eles serão recolhidos e entregues nas escolas, receberão lanche que a prefeitura irá providenciar, através dos educandários. Ao meio-dia também receberão almoço para que na parte da tarde possam seguir com os estudos, em Cruzeiro.

Texto: Artur Dullius/AI

Últimas Notícias:

COMPARTILHE

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email