13 setembro , às 14h39 | Geral

Secretaria da Saúde e Saneamento trabalha o Setembro Amarelo: mês de prevenção da vida

Foto: Pixabay -

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento, são registrados em torno de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo. Dados apontam que os casos relacionados entre jovens são cada vez mais comuns. Aproximadamente 97% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

Diante disso, anualmente a Secretaria, através de sua equipe de Saúde Mental, organiza uma programação especial alusiva ao Setembro Amarelo. 

O dia 16, quinta-feira, será voltado para os usuários das oficinas terapêuticas. Estes serão levados até o Parque Poliesportivo Municipal, no Centro da Cidade, um local amplo, boa parte em meio a natureza. Conforme a coordenadora da equipe de Saúde Mental, Valdireni Kronbauer Leonhardt, o objetivo é trazer os integrantes de todos os grupos, que tiveram que ser divididos durante o período de pandemia. “Serão adotados todos os cuidados necessários para a saúde e a não proliferação do Coronavírus. Será um momento de integração, para que os usuários possam se reencontrar e confraternizar”, frisa. Será a partir das 9h com o tema: O cuidado aproxima as pessoas: Encontro com oficinas terapêuticas. 

Já no dia 27, segunda-feira, ocorre uma roda de conversa onde será debatido o tema: Cuidado aproxima as pessoas: matriciamento com agentes de saúde. Valdireni ressalta que é um momento de troca de ideias tendo como público alvo as agentes comunitários de saúde do município. O encontro ocorre a partir das 9h na Câmara Municipal de Vereadores. 

Além disso, a Saúde Mental produziu cartões relacionados ao Setembro Amarelo, do tipo visita, para que cada pessoa possa guardar de forma prática na carteira, ou na bolsa. No verso consta o telefone da Secretaria da Saúde e Saneamento (3764-1309), o telefone do Centro de Valorização da Vida – CVV (188), que conta com profissionais 24 horas por dia, fazendo a escuta de pessoas que não estão bem. O mesmo cartão também possui números da ambulância da Prefeitura de plantão (99961-9032) e o Serviço Atendimento Móvel de Urgência (192). 

Valdireni reforça que o foco da campanha é tratar sobre o suicídio, mas com o foco principal em falar sobre a vida. Ainda, que setembro é o momento em que mais se aborda o assunto, mas que o mesmo é trabalhado ao longo do ano todo. 

Definição do suicídio

Conforme cartilha disponibilizada pela Secretaria, o suicídio pode ser definido com um ato deliberado executado pelo próprio indivíduo, cuja intenção seja a morte, de forma consciente e intencional, mesmo que ambivalente, usando um meio que ele acredita ser letal. Também fazem parte do que habitualmente chamamos de comportamento suicida: os pensamentos, os planos e a tentativa de suicídio. O suicídio é um fenômeno presente ao longo de toda a história da humanidade, em todas as culturas. É um comportamento com determinantes multifatoriais e resultados de uma complexa interação de fatores psicológicos e biológicos, inclusive genéticos, culturais e socioambientais.

 


O Portal CRUZEIRODOSUL.NET não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados a cruzeirodosul.net