15 abril , às 10h17 | Geral

Cpers denuncia terceirização no ensino gaúcho; coordenação regional nega

Foto: (Reprodução) -

Lajeado vai receber, na próxima quarta-feira (18), uma plenária do Cpers-Sindicato para debater a terceirização no Magistério gaúcho com os servidores. Os encontros estão sendo realizados desde o fim de março e já percorreram 25 núcleos sindicais.

O Vale do Taquari tem 30 municípios vinculados ao 8º Núcleo, com sede em Estrela, e que organiza o evento de Lajeado. Ocorrerá a partir das 14 horas, no Colégio Estadual Presidente Castelo Branco, o “Castelinho”, no Centro.

Segundo o diretor geral do 8º Núcleo, Gerson Johann, o processo de terceirização já está acontecendo no Vale, em cargos de serviço, como de serventes de limpeza e merendeiras. Dos 30 mil funcionários do magistério gaúcho, cerca de oito mil estariam em situação irregular, de acordo com o Cpers. A coordenadora regional de educação, titular da 3ª CRE, Greicy Weschenfelder, repudia as informações do sindicato e afirma que elas não condizem com a verdade.

Em torno de 100 contratos temporários estão em vigor na região. Por conta disso, Greicy tranquiliza os servidores e garante que professores não serão substituídos por meio de terceirização. Há, no entanto, uma iniciativa sendo estudada pela Secretaria estadual da Educação (Seduc) para outros cargos – o que ainda não estaria em vigor, segundo ela.

Com relação à abertura de concurso público para a rede estadual, o que o sindicato reivindica, Greicy afirma que não esta em pauta nesse momento.

Grupo Independente

 


O Portal CRUZEIRODOSUL.NET não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados a cruzeirodosul.net